Quarta-feira, 2 de Abril de 2008
Stuart Ginn vence Azores Seniors Open

O Azores Seniors Open, a 2ª prova do ano do circuito europeu de séniores realizou-se pela primeira vez no campo de golfe da Batalha em São Miguel nos Açores, um cenário paradisíaco que recebeu alguns dos melhores jogadores profissionais com mais de 50 anos.

 

O torneio foi uma aposta da Verde Golf County Club que tem lutado por promover o turismo nos Açores nomeadamente na área do golfe. São vários os projectos para os próximos anos sempre com o objectivo de colocar os Açores no panorama turístico internacional. A próxima grande aposta é o arranque da construção, já no verão, do campo de golfe do Faial, com inauguração prevista para 2010.

 

A prova começou na quarta-feira dia 27 com o pro-am, onde os 23 melhores profissionais se juntaram, em formações de quatro, a três amadores. A equipa vencedora foi liderada pelo inglês David Merrimann e fez 20 pancadas abaixo do par do campo.

 

A competição realizou-se em três voltas, sem cut, com todos os jogadores a fazer as três voltas. O favorito à vitória era Carl Mason, vencedor da Ordem de Mérito de 2007. Para o jogador inglês o Azores Open foi a primeira prova do ano no European Tour uma vez que faltou ao arranque do circuito nos Barbados, que teve Bill Longmuir como vencedor. Nos Açores o inglês, considerado o melhor de sempre no Seniors Tour, não foi além da 28ª posição.

No primeiro dia o melhor resultado foi para Martin Gray com 69 pancadas, 3 abaixo do par do campo, uma vitória inesperada já que o escocês não pertencia ao grupo dos favoritos. No segundo dia Gray manteve a liderança com o mesmo número de pancadas e  começou a segunda ronda com 6 abaixo. No arranque do terceiro dia estava a 4 pancadas do segundo classificado, Nick Job, que fez nos dois dias 142, 2 abaixo.

Na última ronda o jogador não conseguiu manter a sua boa prestação e fez 78 pancadas, mais 9 que nos dois primeiros dias em que fez voltas de 69. Desceu para a 6ª posição com um total de 216 pancadas.

No último dia  o australiano Stuart Ginn arrancou na terceira posição com 143 pancadas e voltas de 72 e 71 mas surpreendeu todos ao fazer uma excelente ronda final de 68 pancadas, 4 abaixo do par do campo, resultado que lhe deu o primeiro lugar com 211 pancadas. Na última volta fez cinco birdies e apenas um bogey.

É a primeira vitória de Ginn no European Tour e valeu-lhe um prémio de 48 mil 750 euros.

 

Na segunda posição, que manteve do segundo para o terceiro dia ficou o inglês Nick Job com 213 pancadas, 3 abaixo. A conquista do primeiro lugar parecia possível até ao último buraco já que se fizesse birdie no buraco 18, um par 3, ficava empatado com Stuart Ginn e iriam a play-off. Só que um bogey no 18 deixou-o a duas pancadas de distância do australiano. O inglês levou para casa 32 mil e 500 euros.

 

Em terceiro lugar ficaram empatados o argentino Luis Carbonetti, o espanhol Domingos Hospital e o italiano Constantino Rocca, todos com 215 pancadas, 1 abaixo do par do campo e levaram para casa um cheque de quase 18 mil e 500 euros.

 

Luis Índio foi o melhor português em prova e apesar de ser amador ficou em 34º. Já Vasco Espírito Santo acabou em último lugar com 259 pancadas, 43 acima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por golftv às 15:12
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Ricardo Santos conquista ...

Marta Vasconcelos volta a...

Pedro Figueiredo vence Op...

Ricardo Santos conquista ...

Luís Indio e Deborah Mell...

Pedro Figueiredo e Marta ...

FPG vai organizar Campeon...

Sean Côrte-Real e Marta V...

Immelman vence em Augusta

Bourdy vence Open Portuga...

Arquivos

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

blogs SAPO
Subscrever feeds